O mundo do vinho é fascinante!

Porque?

Simplesmente é um dos maiores exemplos de diversidade. E como essa diversidade é abundância, rica e harmônica. Sim, é a Mãe Natureza, meus amigos!

Não há uma única regra, é um universo tão plural e vasto, que nos permite variadas experiências.

São inúmeras regiões produtoras espalhadas pelo mundo, onde cada uma delas possui seu terroir, da qual seus produtores e enólogos plantam variadas castas (nativas ou não) e de lá elaboram suas expressões em uma garrafa!

A produção do vinho é de fato uma verdadeira alquimia. É a simples (e complexa) tentativa do enólogo/produtor empatar com a natureza e dela extrair este fabuloso elixir.

Como?

Há uma série de características, particularidades e legislações! Mas calma, fizemos um pequeno resumo!

A uva é composta por: casca, semente e mosto (sumo).

PROCESSO DE ELABORAÇÃO:

 

  1. Colheita
  2. Desengace: Na cantina (local onde se recebe as uvas) tira-se o engaço (talo do cacho da uva).
  3. Esmagamento e Fermentação: O mosto, as cascas e sementes são transferidos para tanques onde ocorrerá a maceração (contato do mosto com as cascas) e fermentação. Estes tanques têm tamanhos variados, podendo ser pequenos ou grandes, de inox ou madeira.
  4. Leveduras: Nos tanques ocorre a fermentação, onde as leveduras (microorganismos vivos visíveis ao microscópio) existentes na casca da uva, transformam o açúcar das uvas em álcool e dióxido de carbono. Todos os vinhos, seja ele tinto ou branco, espumantes, nacional ou importado possuem a mesma coisa: leveduras. O vinho é uma conseqüência da fermentação da uva, onde essa fermentação é uma reação espontânea que ocorre quando um fermento decompõe um material orgânico. E a levedura nada mais é que isso, um fermento, um agente capaz de produzir fermentação.
  5. Por último ele é: Filtrado, Armazenado (barris ou não) e engarrafado!

 

Pura poesia engarrafada.

Agora é só escolher o seu!!! 🙂

Santé!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *